2013 - Doctor Sleep


Este livro é a continuação da obra intitulada "Shining" (1977), que inspirou Stanley Kubrick a realizar o famoso filme com o mesmo nome. Stephen King no posfácio desta obra, refere que de vez em quando voltava a pensar em Danny, e no que lhe teria sucedido. E é assim que podemos voltar a encontrar Danny Torrance, trinta e seis anos após os terríveis eventos sucedidos no Hotel Overlook, quando ele era criança.
Encontramos Danny a debater-se no início da história com o mesmo problema de alcoolismo que atormentava o pai. O álcool amortece o seu dom, permitindo-lhe descansar o espírito, pois as recordações do Hotel Overlook continuaram sempre presentes, como se, de um certo modo, uma parte de Danny nunca tivesse chegado a sair do Hotel. 
Em termos gerais, a história desenvolve-se em três arcos distintos que progressivamente vão confluindo. Inicialmente, temos Danny lutando contra o alcoolismo e sempre em movimento. Recordamos com ele memórias passadas com o pai, Jack Torrance, com a mãe Wendy, com o amigo Dick Hallorann, bem como assistimos a vários episódios com outras pessoas com quem se vai cruzando, até arranjar um trabalho fixo numa pequena localidade onde acaba por se sentir bem e se instalar. Danny fica a trabalhar num asilo para idosos, onde com o seu dom e juntamente com o gato Azrael, os ajuda quando chega a hora deles "seguirem em frente". 
Podemos também acompanhar a história e o crescimento de Abra, uma menina com os mesmos dotes de Danny, só que muito mais fortes. E ao mesmo tempo, é-nos apresentada uma comunidade de uma espécie de"vampiros" comandada por Rose, que assassina e se alimenta do dom de crianças com capacidades paranormais. 
Estas três histórias cruzam-se no decorrer da obra, oferecendo-nos na minha opinião uma das obras mais fortes e ao mesmo tempo mais encantadoras de Stephen King.

Nota: Já existe edição nacional desta obra, publicada a 14 de Outubro de 2016 pela Bertrand.

Sem comentários:

Enviar um comentário